SE EU SOUBESSE!!!! - Tenda Mistíca Mariana

Ir para o conteúdo

Menu principal:

SE EU SOUBESSE!!!!

Variedades


Matéria escrita pelo respeitável Dr. Nelson Spritzer


LEIA! MUITO IMPORTANTE!!

De todos os sentimentos humanos que conheço penso que só existe um que se jogarmos fora não se perde nada: a culpa. Os demais sentimentos tem seu papel e podem ser úteis. Em certas ocasiões cabe ficar com raiva, triste, com inveja, com ciúme etc. A culpa não tem a menor serventia.

Culpa se produz quando você fez algo ou deixou de fazer algo no seu passado e hoje, no presente, acha que não deveria. É o seu Eu de hoje (presente) julgando o seu Eu do passado. Ora, se há um julgamento injusto é este. Como pode você de hoje, com todas as informações, sabedoria, experiência, vivência acumuladas, querer julgar seu Eu do passado? Justo seria se você se dispusesse a retornar ao passado, só que com as mesmas condições que tinha então, com as mesmas informações, a mesma estrutura emocional, a mesma ignorância e a mesma inexperiência. Ai eu pergunto o que teria feito de diferente? Nada. Teria feito exatamente o que fez. Nem mais nem menos.

Nós sempre estamos fazendo o melhor que conseguimos fazer a cada momento de nossas vidas. Nem sempre é o melhor, se analisarmos depois de um certo tempo. Freqüentemente poderemos até nos arrepender do que fizemos ou deixamos de fazer. Só que quando o fizemos, estávamos fazendo o que nos parecia o melhor na ocasião. Então, se estávamos fazendo o melhor disponível, para que a culpa? A culpa é injusta e não é construtiva. A culpa é um sentimento desagradável que nos acompanha quando lembramos de algo de que nos arrependemos.

Ora, podemos conservar as lições que o arrependimento nos dá. Lições são preciosas e devem ser muito bem conservadas e usadas. São a base da experiência que previne que possamos errar novamente. Que se guarde as lições mas que se desligue o sentimento ruim de culpa, o mal estar, decorrente deste julgamento injusto.

Pare de se julgar deste modo. Não é certo. Quer se julgar se julgue hoje, no que esta fazendo neste exato momento. Ai eu aposto que provavelmente você achará que esta fazendo o seu melhor. Você sempre esta fazendo o seu melhor, a cada momento. Mesmo que depois possa perceber que não era o melhor de verdade, só que você não sabia.
Você não sabia o que você não sabia. Repita esta frase várias vezes em sua mente: “Eu não sabia o que eu não sabia”. Se soubesse, não fazia! Se o fez é porque não sabia…

Parece simples e fácil não é mesmo ? E é! Perdoar-se é bem simples e fácil. Basta querer e, com a máxima sinceridade em seu espírito, liberar seu Eu do passado desta carga que ele(a) não precisa mais carregar. Você fez um bom trabalho, o melhor que poderia, você esta fazendo um bom trabalho, o melhor que pode hoje. Você não é perfeito, ninguém o é. Perdoe-se e viva melhor.

 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal